Quarta-feira, 17 de Janeiro de 2018

Buscar   OK
Brasil

Publicada em 05/01/18 às 22:47h - 492 visualizações
CGU identifica R$ 1,3 bilhão em “pagamentos indevidos” no Bolsa Família

Exu Notícias/Multiplicadores de Informação.


 (Foto: Exu Notícias/Multiplicadores de Informação.)

O Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) identificou 345.906 famílias "com fortes indícios de terem falseado a declaração da informação de renda" no cadastro do Programa Bolsa Família. De acordo com a pasta, há pagamentos indevidos de até R$ 1,3 bilhão em um período de dois anos.

Os dados fazem parte de uma avaliação da atuação do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) para aprimoramento dos controles do programa. A auditoria da CGU verificou a confiabilidade dos resultados do cruzamento das bases de dados oficiais com os valores de renda declarados pelos beneficiários no Cadastro Único, para identificar indícios de pagamentos indevidos e avaliar as providências adotadas pelo órgão frente às inconsistências.

O Bolsa Família atende, de acordo com a CGU, a 13,5 milhões famílias que vivem em situação de extrema pobreza (renda mensal por pessoa até R$ 85) e de pobreza (renda mensal por pessoa entre R$ 85,01 e R$ 170, desde que tenham em sua composição crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos).

A concessão dos benefícios tem caráter temporário e não gera direito adquirido, devendo o Cadastro Único ser atualizado obrigatoriamente em até dois anos ou quando houver alteração da situação de condição das famílias.

A CGU informou que "nas situações em que a irregularidade ficar comprovada, após a condução de processo administrativo, serão aplicadas sanções legais, tais como devolução de valor e impossibilidade de retornar ao Programa por um ano". O relatório concluiu "pela necessidade de aperfeiçoamento nos controles relativos ao processo de cadastramento das famílias".

"A expectativa é de que a realização sistematizada de cruzamentos de dados no momento do cadastro, para confirmar as informações prestadas pelos cidadãos, associado a um melhor fluxo de informações junto aos Municípios, diminua o número de declarações inverídicas", diz nota da CGU. (Estadão Conteúdo)




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

Hora Certa
Nossos Parceiros
Publicidade
  • Amburgueria Sâmia
    Amburgueria Sâmia
    Cidade: Exu-PE
  • Pizzaria Sâmia
    Pizzaria Sâmia
    Cidade: Exu-PE
Associado Ablogpe


Horóscopo
Estatísticas
Visitas: 9940537 Usuários Online: 241


Bate Papo

Digite seu NOME:


Saiba mais através dos nossos parceiros abaixo:

Exu-PE Terra de Luiz Gonzaga o Rei do Baião
Copyright (c) 2018 - Exu Notícias/Multiplicadores de Informação. - Todos os direitos reservados